Aluguel de Ações

Saiba como alugar suas ações e aumentar seus rendimentos.

Abra sua conta e comece a operar agora

Você possui ações que não pretende vender no curto prazo? Acredita que um papel sofrerá queda no mercado e não possui esse ativo para vendê-lo? Precisa estar na posição vendida de uma ação para montar sua estratégia?

Veja como é fácil rentabilizar sua carteira e alavancar potenciais ganhos de capital.

O que é

Aluguel de ações é a prática por meio da qual, em troca de taxa acordada por período pré-determinado, o detentor de determinados títulos/ações (doador) autoriza sua transferência a um terceiro (tomador). O tomador é livre para vender esses ativos ou utilizá-los para outras finalidades, mas fica obrigado a devolvê-los nos termos definidos entre as partes. A Companhia Brasileira de Liquidação e Custódia (CBLC) atua como contraparte garantidora da operação.

Doador

A maioria das pessoas investe no mercado de ações com a expectativa de alta nos preços dos papeis. Esses investidores compram ações no mercado e esperam vendê-las posteriormente, por valor mais alto que o de compra, para ganhar a diferença de preços.

O doador é o investidor que aluga as ações que estão paradas em sua carteira por uma taxa de remuneração anual, tendo a garantia de que os ativos lhe serão devolvidos ao final do período do contrato.

Ao alugar a ação, o doador transfere sua titularidade para o tomador, sem perder os direitos que lhe sejam inerentes (bonificação, subscrição e dividendo), nem sua valorização.

É possível identificar como principais doadores nesse segmento os fundos de pensões e as companhias de seguros. As pessoas físicas e os investidores estrangeiros têm igualmente registrado participação crescente.

Tomador

A operação de alugar ações no mercado é bastante utilizada por quem deseja especular. A estratégia básica do tomador é alugar o papel acreditando na queda de sua cotação. Logo, ele o faz para vender e recomprar o título no futuro por custo mais baixo, lucrando com a diferença de preços.

Veja as operações que o tomador pode realizar:

  • Vendas no mercado a vista
  • Liquidação de transações realizadas no mercado a vista
  • Garantia para operações nos mercados de liquidação futura

Os fundos de investimento e os investidores estrangeiros são os principais tomadores nesse mercado.

Vantagens das operações de aluguel de ações

O aluguel de ações propicia vantagens tanto para o doador quanto para o tomador.

Principais vantagens para o doador

  • Possibilidade de aumentar a rentabilidade da carteira sem se desfazer das ações
  • Continuidade do recebimento de proventos, como dividendos e bonificações, durante o período do aluguel
  • Garantia da CBLC, o que elimina o risco de inadimplência

Principais vantagens para o tomador

  • Realização de operações com a expectativa de queda nos preços
  • Assunção de posição vendida em operações estruturadas
  • Viabilidade de operações lucrativas com viés de baixa

Como investir nesse mercado?

A Spinelli, que possui acesso ao sistema eletrônico do Banco de Títulos (BTC), disponível no portal CBLCNet – em que estão disponíveis as ofertas de tomadores e doadores de empréstimos de títulos –,fará o registro da oferta e da operação.

Caso o cliente deseje alugar títulos, assumindo a posição de tomador, deverá depositar margem de garantia na CBLC por meio da Spinelli. O valor da margem será igual ao valor atualizado dos títulos, acrescido de percentual definido pelo BTC. Esse percentual é fixado considerando-se a liquidez e a volatilidade dos títulos-objeto do empréstimo. O valor das margens é acompanhado diariamente e recomposto, se necessário, na forma e nos prazos estabelecidos pela CBLC.

Os títulos somente são liberados após o tomador depositar as garantias necessárias na CBLC e o BTC autorizar a operação. Ações e títulos públicos poderão ser depositados em garantia, dentre outros ativos. As taxas e os custos são debitados do tomador e creditados ao doador no primeiro dia útil seguinte ao de encerramento da operação de empréstimo.

Caso sua posição seja a de doador, basta ter os ativos liquidados em custódia e solicitar, por intermédio da Spinelli, o registro da oferta de aluguel.

Atenção! Para realizar operações de aluguel de ações, é necessário aderir ao contrato de BTC (“Aluguel de Ações”) no ato da abertura de sua conta. Para estruturar e realizar operações nesse mercado, entre em contato com os consultores da Spinelli.

Custos e tributação

As operações de aluguel de ações estão sujeitas à incidência de taxas de remuneração e de registro (emolumentos). A taxa de remuneração é determinada pelo doador e paga pelo tomador. A taxa de registro, cobrada pela CBLC, é de 0,25% ao ano, tendo como valor mínimo a quantia de R$10,00.

Quanto ao aspecto tributário para o doador, a operação de empréstimo de ações possui característica de operação de renda fixa, dada a existência de taxa e de prazo pré-determinados. Dessa forma, haverá incidência de imposto de renda sobre os rendimentos.

Como incentivo ao desenvolvimento do mercado de empréstimo de títulos no Brasil, a CBLC repassa ao doador taxa de 0,05% ao ano sobre o valor do contrato.

Garantias

O total exigido em garantias para uma operação de empréstimo é de 100% do valor dos ativos, mais um intervalo de margem específico para cada ativo. O intervalo de margem representa a oscilação possível desse ativo em dois dias úteis consecutivos. O valor das margens é acompanhado diariamente. Se necessário, a corretora poderá fazer chamadas de margem adicionais do tomador.

Os ativos aceitos em garantia pela CBLC são definidos e revisados periodicamente.

Liquidação e renovação

A ação alugada, no caso do tomador, poderá ser liquidada até a data de vencimento do aluguel. Se não o for, o contrato será renovado tentando-se manter as mesmas características do contrato inicial, desde que não haja oscilação nas taxas praticadas no mercado. Caso ocorram alterações, o cliente será informado.

Na eventualidade de o investidor preferir liquidar o aluguel, a recompra das ações alugadas deverá ser feita com três dias úteis de antecedência da data de vencimento do aluguel.

Se não houver ações disponíveis no mercado para renovar os contratos, o cliente será comunicado da necessidade de recomprar a posição ou de liquidar o aluguel. Na hipótese de as ações não serem entregues no vencimento do aluguel, a CBLC cobrará multa diária de 0,20% sobre o valor do empréstimo.

Na data de renovação, caso o tomador já possua as ações e queira liquidá-las, deverá comunicá-lo à mesa de operações da Spinelli, impreterivelmente, até as 10:00, a fim de evitar a renovação do aluguel.

A Spinelli conta com equipe especializada nessas operações, oferecendo assessoria qualificada tanto para tomadores quanto para doadores.

Abra sua conta e comece a investir com a corretora Spinelli.

Copyright Spinelli Corretora - Todos os direitos reservados



A Spinelli S/A CVMC é uma instituição financeira autorizada a funcionar pelo Banco Central do Brasil.